Você está aqui Desporto Nacional  

Radio Ecclesia

Filho de Quinzinho pede que restos mortais do Pai sejam enterrados em Lisboa

Quarta, 17 Abril 2019  vanda de carvalho

O ex-futebolista angolano Joaquim Alberto da Silva "Quinzinho", falecido na última segunda-feira (dia 15), será enterrado na cidade portuguesa de Lisboa, nos próximos dias, a pedido da sua família.

O futebolista Xandi Silva, primeiro filho de Quinzinho, faz questão que o seu pai seja enterrado em Lisboa, tal como a sua mãe o foi, de acordo com informações prestadas à Angop por fontes familiares.

Natural de Luanda, Quinzinho fazia a habitual corrida de manutenção na Região de Alverca, quando se sentiu mal e teve uma paragem cardíaca.

Recorde-se que a morte de Quinzinho foi motivada  por   um   ataque  cardíaco  quando   fazia a habitual corrida de manutenção na Região de Alverca.

O ex-futebolista que chegou a internacional pela principal selecção de Angola fez carreira em outros clubes portugueses como Rio Ave, Alverca, Aves, Farense e U. Leiria, sendo que nos últimos anos havia-se dedicado ao treino.  

O Ministério da Juventude e Ddesporto, manifestou-se consternado pelo passamento físico do ex-futebolista Joaquim Alberto"Quinzinho", ocorrido segunda-feira, em Portugal, vítima de paragem cardíaca.

Em comunicado de imprensa, nesta terça-feira, a direcção da instituição reitera ter sido com sentimento de pesar que tomou conhecimento do triste acontecimento.

“Fica na memória colectiva dos angolanos as recordações de um homem exemplar e autor do primeiro golo de Angola em fases finais de um Campeonato Africano das Nações”, refere a nota.