Você está aqui Mundo Americas  

Cuba coloca fim era Castro no dia de apresentação oficial de um novo presidente

Quinta, 19 Abril 2018  vanda de carvalho

Após seis décadas de poder dos irmãos Fidel e Raul Castro, Cuba vai nomear o primeiro presidente que não combateu na revolução que em 1959 derrubou o regime de Fulgêncio Batista.

Miguel Canel, de 57 anos, foi ontem designado oficialmente como candidato à sucessão de Raul Castro, que se retira aos 86 anos, e deverá ser consagrado hoje pela Assembleia Nacional cubana.

O homem que põe fim à era dos Castro é visto como mais aberto, mas a sua ascensão nos quadros do Partido Comunista cubano (PCC), até se tornar, em 2013, vice-presidente de Cuba, indica que a mudança que venha a liderar primará pela fidelidade ao regime.