Você está aqui Mundo Americas  

Nações Unidas condenam destruição de ajuda humanitária

Terça, 26 Fevereiro 2019  vanda de carvalho

Em declarações aos jornalistas, esta segunda-feira, em Nova Iorque, as Nações Unidas condenaram a destruição de ajuda humanitária que teve lugar no sábado passado na Venezuela.

O porta-voz do secretário-geral da ONU, Stéphane Dujarric, afirmou esta segunda-feira (25), em Nova Iorque, que o ato de lançar fogo sobre a ajuda humanitária "deve ser condenado." O responsável adiantou ainda que o secretário-geral das Nações Unidas, António Guerres, "ficou chocado" com os acontecimentos deste fim-de-semana na fronteira da Venezuela com a Colômbia e com o Brasil, que classificou de "muito tristes".

Segundo a Agência da ONU, Dujarric destacou que as tensões crescentes na fronteira entre o país e a Colômbia evidenciam a necessidade de uma solução pacífica.

Em comunicado, Guterres, disse que "segue com crescente preocupação a escalada das tensões na Venezuela" e fez um apelo para que a violência seja evitada a qualquer custo e que a força letal não seja usada em nenhuma circunstância.

Guterres também pediu calma e apelou que todos os envolvidos reduzam as tensões e façam tudo o que for possível para evitar uma escalada ainda maior da situação.