Você está aqui Mundo Africa  

Líder da oposição na RDC Etienne Tshisekedi morreu

Quinta, 02 Fevereiro 2017  vanda de carvalho

A República Democrática do Congo mergulhou hoje num período de incerteza, depois da morte do opositor histórico, Etienne Tshisekedi, de 84 anos de idade, no momento em que decorrem negociações políticas cruciais para o futuro do País.

Etienne Tshisekedi, líder histórico da oposição e presidente da UDPS, (União para a Democracia e Progresso Social), faleceu de embolia pulmonar, nesta Quarta-feira, em Bruxelas, onde tinha sido hospitalizado há uma semana.

O Poder e a oposição esqueceram hoje os seus diferendos, para saudar unanimemente a memória do “Pai da Democracia” congolesa. Durante todo o dia sucederam-se as manifestações de pesar, na sede do seu partido, a União para a Democracia e Progresso Social, enquanto os taxis da capital ostentavam sinais de luto.  

A RDC encontra-se neste momento em plena negociação para tentar encontrar uma transição política e sair pacificamente da crise provocada pela decisão do Presidente Joseph Kabila de permanecer no poder, até à realização de eleições presidenciais.

Com a mediação da igreja católica, o Poder e a oposição concordaram, a 31 de Dezembro, em dirigir conjuntamente o País até à eleição do sucessor de Joseph Kabila, muito provavelmente em finais de 2017.