Você está aqui Mundo Africa  

Fome no Sudão coloca em risco cerca de 100 mil pessoas

Quarta, 22 Fevereiro 2017  vanda de carvalho

O estado de fome foi declarado em várias zonas do Sudão do Sul, anunciaram esta Segunda-feira as Nações Unidas.

Cerca de 100 mil pessoas já sentem diariamente o problema naquele país africano e há mais um milhão de habitantes que estão à beira da fome.

Muitas famílias, nomeadamente de agricultores que perderam o gado e as colheitas, “esgotaram todos os meios que tinham para sobreviver”, alerta o dirigente da FAO, em comunicado.

A declaração do estado de fome pelas Nações Unidas significa que já há pessoas a morrer devido à escassez de comida.

A FAO, a UNICEF e o Programa Alimentar Mundial alertam para a necessidade de um actuação urgente para evitar mais mortes devido à fome, num país em que praticamente desde a fundação, em 2011, tem sido assolado por combates entre facções rivais.