Você está aqui Mundo Africa  

África do Sul abalada por várias manifestações

Quinta, 11 Maio 2017  vanda de carvalho

A Polícia sul-africana teve de recorrer a balas brancas em Finetown e Itereleng, perto da capital administrativa, Pretória, para dispersar manifestantes que teriam atacado uma mesquita, quarta-feira.

Na mesma altura, os habitantes de Gugulethu, na cidade do Cabo, também enfrentaram-se com a Polícia enquanto reclamavam por uma sala comunitária, um parque e um posto de Polícia que lhes foram prometidos pelas autoridades.

Por seu turno, os trabalhadores do porto de Richards Bay, perto de Durban, utilizaram bulldozeres para destruir veículos da Polícia.

A situação é igualmente tensa em Eldorado Park, arredores de Joanesburgo, onde várias lojas encerraram as suas portas depois duma noite de violência e de pilhagem por manifestantes que se queixavam da falta de casas sociais neste bairro.

A Polícia confirmou que pelo menos 50 pessoas foram detidas por actos de violência pública.

O edil de Joanesburgo, Herman Mashaba, declarou que 300 mil pessoas estavam na lista de espera para casas sociais.