RDC e Ruanda flexibilizam formalidades na fronteira comum.

Domingo, 25 Abril 2010  Hugo Ramon Castro
ruanda_rdc240410A República Democrática do Congo e o Ruanda decidiram suavizar formalidades entre as cidades de Goma (leste congolês) e de Gissenyi (Ruanda), anuncia um comunicado do ministério congolês do Interior.

A decisão foi tomada durante uma reunião entre responsáveis de Kivu-Norte, cuja capital é Goma, e de Gisenyi, de acordo com a nota.

Os dois países tornaram flexíveis as formalidades a nível dos serviços de migração ao reabilitar os dois documentos de viagem que são o cartão especial e o passe da Comunidade Económica dos Países do Grandes Lagos (CPGL), lê-se no documento.

Uma das consequências desta decisão concerne à reabertura do tráfico 24 horas sobre 24 na fronteira Goma-Gisenyi com vista a promover a livre circulação de pessoas e bens, bem como serviços e capitais à semelhança das outras comunidades, tais como o Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA), indica a mesma fonte.

Esta medida poderá ser estendida em breve a outros postos fronteiriços entre os dois países, concluiu o comunicado.