"A repressão dos media e a ilusão de reformas no Zimbabwe"

Domingo, 25 Abril 2010  Hugo Ramon Castro

15_22_zimbabwe_policeUm relatório de 26 páginas acaba de ser divulgado pela Human Rights Watch sob o título "A repressão dos media e a ilusão de reformas no Zimbabwe".

A organização de defesa dos direitos humanos afirma no documento que a ZANU-PF, o Partido do Presidente Robert Mugabe,ainda tem grandes poderes no governo de coligação em Harare,tendo como prática,por um lado, a promoção da propaganda política e por outro a repressão dos jornalistas,através de leis que permanecem inalteradas desde a independência do país, há trinta anos.


Para a Human R.Watch,o governo zimbabweano não realizou as reformas prometidas em Setembro de 2008 aquando da assinatura do "Acordo político Global", antes pelo contrário,tem impedido sistemáticamente a liberdade de expressão com a permanente perseguição e detenção arbitrária de muitos jornalistas independente

Um relatório de 26 páginas acaba de ser divulgado pela Human Rights Watch sob o título "A repressão dos média e a ilusão de reformas no Zimbabwe". A organização de defesa dos direitos humanos afirma no documento que a ZANU-PF, o Partido do Presidente Robert Mugabe.