Denunciado recrutamento de crianças soldados na Somália.

Domingo, 09 Maio 2010  Hugo Ramon Castro
crianca_soldadoO Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) está vivamente preocupado com o recrutamento de crianças soldados na Somália, estimando que o uso de crianças pelas forças armadas e pelos grupos armados é um crime de guerra que deve imediatamente acabar.

"Estamos escandalizados por saber que o recrutamento e o uso de crianças soldados na Somália recrudesceu. Todas as partes no conflito estão envolvidas e, em alguns casos, crianças com apenas nove anos de idade são recrutados", afirma o UNICEF.

O UNICEF convida todas as partes em causa a libertarem as crianças que se encontram no seu campo, sublinhando que "a impunidade deve cessar e os autores devem ser processados perante a justiça".

Segundo responsáveis da ONU, recentes relatórios indicam que as escolas servem de centros de recrutamento e que crianças soldados são muitas vezes espancadas ou assassinadas quando tentam fugir.