Revista de Imprensa da semana.

Domingo, 02 Maio 2010  Hugo Ramon Castro
SEMAN√ĀRIO ANGOLENSE

sa010510√Č manchete no seman√°rio Angolense: Governo reafirma a inten√ß√£o de diminuir a pobreza e combater as praticas menos boas: Ainda o seman√°rio interroga-se: Faltam meios ou autoridade moral?

Primeria companhia aérea africana a fazê-lo TAAG comprou dois Boeings 777-300.

The Wall Street Journal: Bill Gates repensa a sua Guerra contra a polio.

Assalto à Nunciatura Apostólica em Luanda. Vaticano dispensou a protecção.

Escute: Manchetes de Seman√°rio Angolense com o editor Salas Neto.

 

 

NOVO JORNAL

nj0105A par do semanário Angolense o novo jornal destaca o balanço de prestação de contas feito pelo Governo em três meses de governação a luz da actual constituição. 100 dias d. governação: Presta contas ao povo fica bem e é democrático.

Diamantes vão para China. A China é o maior comprador de diamantes angolanos ultrapassando os EUA.

"Fiscais" na Refinaria.

Sindicalismo moribundo.

Ainda na capa do novo jornal é manchete; Cena de bancadaria no mistério da cultura por causa de 20 mil kuanzas.

{flexiaudio}9845{/flexiaudio}

A CAPITAL

acap010510As manchetes do Seman√°rio A Capital: Erros de palmat√≥ria as ac√ß√Ķes do governo na prov√≠ncia de Cabinda est√£o a empurrar para o abismo.

√Č ainda destaque no a capital o caso pitch√ļ; O assunto de momento em Benguela: Oficial superior da pol√≠cia nacional √© acusado de amea√ßas com armas de fogo contra uma cidad√£ e uma suposta viola√ß√£o sexual.

Bento Kangamba: Quando a solidariedade tem um nome.

{flexiaudio}9806{/flexiaudio}



SEMAN√ĀRIO FACTUAL:

fact010510O Seman√°rio Factual destaca: RDCongo diaboliza Angola. Ainda acrescenta: "Os congolenses acusam os pa√≠ses vizinhos com os quais faz fronteira nomeadamente Angola, o Burundi, o Congo-Brazzaville, a Rep√ļblica Centro-Africana, o Ruanda, o Sud√£o. O Uganda, a Tanz√Ęnia e a Z√Ęmbia d estarem na base de seu sofrimento".

Mulheres asssaltam no Bengo.

Ameaças externas contra Angola persistem. As fronteiras mal definidas de muitos países africanos são uma das principais ameaças para conflitos na região.

Entrevista com Ngola Kabango: "Estamos contra a decis√£o do tribunal Constitucional".

 

 

JORNAL ANGOLENSE

ja010510O jornal Angolense escreve na sua principal chamada de capa: Acusam Funcionários do INSS: Pitra Neto apoderou-se de casas de trabalhadores. Dizer que esta é uma acusação dos funcionários do instituto nacional de segurança social.

Polícia registou 100 casos de violação sexual.

Enquanto milhares de cidad√£os passam fome. Angola esbanja 10 milh√Ķes de D√≥lares para participar de exposi√ß√£o internacional.

{flexiaudio}9827{/flexiaudio}

 

INDEPENDENTE

ind010510O Seman√°rio Independente saiu na rua com as seguintes manchetes:

100 dias do executivo Sinais de uma nova era √© o destaque do Independente. Acrescenta ainda: "Mais do que a amalgama de informa√ß√£o disponibilizada pelo Executivo, a Confer√™ncia de imprensa que marcou os tr√™s meses de trabalho do Governo valeu pelo significado hist√≥rico. √ą que ao tornarem-se regra permitir√° consolidar a ideia de um Executivo aberto e dialogante".

Desporto: Love fora das contas de Renard devido ao fraco desempenho no Gira.
Top secret: O Independente traz nesta edição a segunda parte do trabalho do Jornalista Paulo Nobre em que é revelado o plano de guerra pela paz, que deitou por terra o sonho de Jonas Savimbi de tomar o poder peal força das armas.

Dia do trabalhador: O mundo assinala hoje o dia do trabalhador. Para cá, o salário mínimo e o poder de compra animam uma velha e natural peleja entre sindicatos e o governo.

Top secret: continua a revelar o plano de guerra pela paz que deitou por terra o sonho de Jonas savimbi a detomar o poder pela força das armas.

{flexiaudio}9819{/flexiaudio}

JORNAL O PA√ćS:

opais_77Veja as principais manchetes de Jornal O País : 4 anos de prisão e usd 1 milhão para devolver: Julgamento do caso SME termina com penas de 2 a 8 anos de prisão A antiga directora do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), Maria Joaquina da Silva, e o seu ex-adjunto, Rui Neto, foram condenados, ontem, a quatro e oito anos de prisão maior, respectivamente, pela 5ª Secção do Tribunal Provincial de Luanda, presidido pelo juiz Januário José Domingos.

Finan√ßas D√≠vida p√ļblica chega aos USD 2 mil milh√Ķes.

Adelino de Almeida: TPA 2 mostra um país que não existe.

Misses: A vida longe dos holofotes.

Mantorras: Ocaso de um talism√£.

{flexiaudio}9836{/flexiaudio}