Você está aqui Angola Politica  

Sindicato dos jornalistas reitera independência do conselho directivo da ERCA

Quinta, 20 Julho 2017  vanda de carvalho

Os deputados regressam esta sexta-feira à Assembleia Nacional para entre outras matérias aprovar a eleição do Conselho directivo da Entidade Reguladora da Comunicação de Angola.

O Secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, Teixeira Cândido entende que em termos democráticos era melhor que as pessoas que vão trabalhar na ERCA fossem contratadas mediante concurso público, daria maior independência e, não por via dos partidos políticos.

No relatório/Parecer Conjunto e o Projecto de Resolução que Aprova a Eleição de Membros para o Conselho Directivo da Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (ERCA), aprovado recentemente pelos deputados da 1ª, 4ª e 6ª Comissões especializadas da Assembleia Nacional, constam apenas os candidatos designados pelo partido MPLA e pelo Executivo.

Pelo MPLA foram indicados cinco candidatos, nomeadamente Luís Fernando, Adelino Marques de Almeida, Jorge Gonçalves Mateus Ntiamba, Domingas Pedro Francisco Damião e Edith Domingas Nanga Daniel. Do lado do Executivo o candidato designado a membro da ERCA é José Luís Fernando.

Por conhecer estão os três (3) membros designados pela oposição parlamentar e os dois (2) pelas organizações representativas da profissão, por apresentação tardia dos processos por parte destes, junto do Gabinete do Presidente da Assembleia Nacional.

Escute: Repórter Salgueiro Vicente - Deputados aprovam eleição do conselho directivo da ERCA