Você está aqui Angola Politica  

“Que o dinheiro repatriado sirva para os pobres” afirma Dom Jaka

Terça, 27 Fevereiro 2018  vanda de carvalho

A Lei de Repatriamento de Recursos Financeiros Domiciliados no Exterior do País, submetida ao Parlamento pelo executivo angolano, foi aprovada com 172 votos a favor - do MPLA, UNITA e Partido de Renovação Social (PRS) -, nenhum contra e 16 abstenções - da CASA-CE e FNLA.

Na apresentação da proposta, o ministro das Finanças de Angola, Archer Mangueira, sublinhou que o país viveu situações que propiciaram a saída de recursos do país, tendo em vista, na generalidade dos casos, a protecção de património próprio.

Segundo o ministro, entre esses factores podem ser apontados a instabilidade económica, a fragilidade das instituições administrativas de controlo ou mesmo a reduzida consistência do sistema financeiro nacional, panorama que tem vindo a ser alterado nos últimos anos.

Dom António Jaka, espera que o dinheiro ilícito a ser repatriado venha de facto ajudar os mais pobres.

O bispo de Caxito aguarda dos deputados patriotismo e espírito de protecção do bem comum na discussão na especialidade.

Escute: Bispo de Caxito Dom António Jaka – repatriamento de valores