Você está aqui Angola Cultura  

Depois de 8 anos União Mundo da Ilha vence edição 2017

Domingo, 05 Março 2017  vanda de carvalho

Este é o 13º titulo que o União Mundo da Ilha arrebata, e como vencedor desta edição 2017 recebeu o valor de 3 milhões de Kuanzas, em 2º  lugar ficou União Recreativo do Kilamba, recebe 2 milhões de kuanzas e em 3º lugar União 54, recebeu 1.200.00 kuanzas.

O União Kiela ficou na quarta posição com 785 pontos e recebe um milhão de kwanzas, seguindo-se o Jovens da Cacimba, na quinta posição com 779 pontos, que tem direito a 800 mil kwanzas.  Na classe B, o vencedor União Geração do Mar, do distrito da Samba, com 768 pontos, recebe um milhão e meio de kwanzas, enquanto o União Twufundumuka do Rangel, com 749 pontos, recebe um milhão de kwanzas.
O União Juventude da Kapalanga de Viana, com 731pontos, recebe seiscentos mil kwanzas, o quarto classificado, União Geração Sagrada, recebe quinhentos mil kwanzas e o União Domant, tem direito a quatrocentos mil kwanzas. Esses cinco grupos, de acordo com o regulamento do Carnaval de Luanda, ascendem ao escalão A na próxima edição.
Dos 14 grupos que disputaram a classe infantil, os cassules Viveiros do Njinga Mbandi foram vencedores pela segunda vez consecutiva, como 848 pontos. O grupo de Viana, liderado por Tony Mulato, recebe um milhão de kwanzas, enquanto o segundo classificado, cassules do Mundo da Ilha, com 845 pontos, recebe setecentos mil kwanzas, e os cassules dos Jovens da Cacimba, com 758, recebem quinhentos mil kwanzas. O quarto lugar, com 746 pontos, foi ocupado pelos cassules Sagrada Esperança, que recebem trezentos e cinquenta mil kwanzas. Os cassules do Amazonas do Prenda, quintos classificados, recebem duzentos e cinquenta mil kwanzas.
Depois da cerimónia de entrega de prémios e diplomas, os três primeiros classificados de cada categoria, nomeadamente União Mundo da Ilha, União Geração do Mar e os cassules Viveiros do Njinga Mbandi, exibem o seu talento no pátio da Liga Africana, demonstrando porque foram merecedores das distinções.
 Depois do espectáculo, a comissão nacional preparatória do Carnaval vai prestar ­homenagem ao grupo Amazonas do Prenda e ao investigador Roldão Ferreira. O presidente e comandante do União Mundo da Ilha, António Custódio, disse que o grupo procedeu a uma reorganização, depois de estar oito anos sem vencer. “É uma felicidade enorme poder reconquistar o primeiro lugar depois de oito anos sem ganhar”, sublinhou.
 O prémio, disse, é dedicado aos moradores da Ilha do Cabo, que continuam a apoiar com ideias e sugestões para melhorar o desempenho da agremiação, mesmo com as dificuldades que enfrentam.

De salientar que União Mundo da Ilha arrebatou o 1º lugar com 890 pontos.