Você está aqui Angola Sociedade  

Trabalhadores da empresa nacional de pontes com 46 meses de salários em atraso

Segunda, 17 Julho 2017  vanda de carvalho

Os trabalhadores da Empresa Nacional de Pontes, há 46 meses sem salários, disseram que a direcção da empresa não cumpriu a promessa de que os salários seriam pagos nesta semana questionado por isso a idoneidade da direcção.

De acordo com os trabalhadores até ao momento não começaram a ser feitos os respectivos pagamentos renovando o grito de socorro para a situação a que estão submetidos, e apelam a intervenção do presidente da república na resolução do pagamento dos 46 meses de salários em atraso quando entram para mais uma semana de vigília em protesto para a reposição dos seus direitos.

Ouvidos pela Ecclésia os trabalhadores não acreditam mais na seriedade da direcção da empresa que se comprometeu em pagar os salários na última semana e não o fez, culpabilizando ainda o Ministério da Construção pela situação a que estão submetidos.

Escute: Repórter Silvano da Silva – Trabalhadores da ENP 46 meses de salário