Você está aqui Angola Sociedade  

Novo administrador do Cazenga diz não estar feliz com o actual estado do município

Quarta, 15 Agosto 2018  vanda de carvalho

O Administrador Municipal do Cazenga está preocupado com o estado de algumas infra-estruturas do município. Albino da Conceição, esteve a efectuar uma visita de campo na tarda desta segunda-feira e disse não estar feliz com o que encontrou.

Uma comissão técnica de emergências para atender vítimas das calamidades naturais, deve ser criada esta semana.

A comissão terá como missão deslocar-se  a tempos aos locais de inundações para atender algumas situações com o  inicio da época chuvosa, sobretudo as famílias que vivem junto as bacias de retenção de águas pluviais.

O responsável falava à imprensa no final da visita em algumas infra-estruturas sociais, admitindo não estar satisfeito com o que viu, e reconhece haver necessidade de mais  trabalho, conseguir mais recursos financeiros e estabelecer um dialogo permanente com os munícipes.

Para Albino da Conceição todas as bacias de retenção de águas são prioritárias, sendo necessário encontrar recursos para que tão logo o caudal aumente haja capacidade de evacuação da água junto as residências construídas a volta das bacias.

Escute: Repórter Ribeiro André - administrador do Cazenga diz não estar feliz com o actual estado do município

Segundo o administrador, a questão do fornecimento de energia eléctrica, água potável, vias de acesso, a venda desordenada  e ambulante praticada por populares, são algumas das preocupações que carecem de atenção imediata.

Durante a visita de constatação, Albino da Conceição passou pela a direcção municipal da educação, onde se inteirou das condições do funcionamento, as obras  paralisadas da Centralidade do Cazenga, bacia de retenção de águas do Grafanil  e as infra-estruturas da antiga Feira Internacional de Luanda (FILDA), que se encontram abandonadas e vandalizadas.

Cazenga, um dos nove municípios da província de Luanda, conta com seis distritos urbanos, Tala-Hadi, Hoji ya Henda, Cazenga, 11 de Novembro, Kima-kieza e Calawenda.