Você está aqui Angola Sociedade  

Concurso público na saúde: Médicos e enfermeiros dizem que as vagas são poucas

Terça, 21 Agosto 2018  vanda de carvalho

As inscrições para candidaturas no concurso público do Ministério da Saúde terá início no dia três de Setembro do corrente ano, informou esta Segunda-feira em Luanda, a titular do sector, Sílvia Lutucuta.

A governante, que falava durante uma conferência de imprensa sobre o assunto, frisou que as candidaturas serão entregues às administrações municipais, hospitais gerais e faculdades de medicina públicas.

De acordo com a ministra, o concurso público será para o ingresso, promoções e actualizações de carreiras, com 7 e mil 667 vagas, cujas idades mínimas são 45 anos.

De acordo com a governante, a província de Luanda vai absorver o maior número de admitidos, um total de 336, entre médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e de apoio hospitalar, seguido da província da Huíla, com109.

A quota de distribuição por província, teve como parâmetros de atribuição o rácio populacional, a realidade social, bem como a rede sanitária de cada uma.

Deste modo, a província de Cabinda conta com 15 vagas, Zaire (16), Bengo (19), Benguela (114), Bié (70),  Cunene (43), Huambo (154), Cuando-Cubango (20) ,Cuanza Norte (34), Cuanza Sul (93) a Lunda Norte (27).

Para a província da Lunda Sul 44 vagas, Malanje (137), Moxico (84), Namibe (50) e Uíje (52) .

Os Sindicatos do sector Saúde, congratulam-se com o concurso público anunciado pela titular da Pasta Sílvia Lutukuta, mais consideram irrisório número de vagas disponíveis.

Os sindicalistas que falaram á Ecclésia, afirmaram que diante das necessidades do sector as vagas apresentadas representam uma gota de água no oceano.

Escute: Repórter Matilde Vanda - concurso público na Saúde