Você está aqui Angola Economia  

Descentralização das indústrias é o que a AIP defende

Terça, 30 Maio 2017  vanda de carvalho

A Associação das Indústrias de Panificação e Pastelarias de Angola defende a descentralização das indústrias moageiras do país com vista a aumentar a produção no país que mensalmente precisa de 80.000 toneladas de farinha de trigo para produção de derivados.

Apesar da nova fábrica de farinha de trigo do país, Grandes Moagens de Angola, garantir a produção diária de 1.200 toneladas, 70% da farinha de trigo no país continuará a ser importado.

A constatação é do presidente da associação, Gilberto Simão, que lamenta a paralisação cultivo de trigo no interior do país devido a falta de pequenas moagens industriais.

Escute: Repórter Silvano da Silva – Associação Panificadores