Você está aqui Angola Economia  

João Lourenço não quer mais demoras na abertura de empresas portuguesas em Angola

Quarta, 19 Setembro 2018  vanda de carvalho

A afirmação foi feita nesta Terça-feira, em Luanda, pelo Presidente angolano, João Lourenço, quando discursava no início das conversações oficiais entre delegações de Angola e de Portugal.

Neste sentido, João Lourenço, na sua intervenção por ocasião da visita de trabalho do primeiro-ministro luso, António Costa, referiu que ambos governos têm a responsabilidade de traçar políticas que garantam uma cooperação sólida em vários domínios.

Por parte de Angola, segundo João Lourenço, uma aposta está a ser feita no sentido de criar-se um ambiente de negócios seguro e atractivo.

Para o estadista angolano, com este ambiente os investidores deixarão de se confrontar com obstruções resultantes de procedimentos exageradamente burocráticos, para estabelecerem uma empresa ou negócio em Angola.

Falou da necessidade da prevalência do bom senso, pragmatismo e sentido de Estado nas relações entre ambos países para que estas se robusteçam continuamente.

Escute: Presidente João Lourenço – relações Angola Portugal