Você está aqui Angola Economia  

Quem ganha menos na função pública a partir de 2019 passa a receber mais

Sexta, 26 Outubro 2018  vanda de carvalho

Actualmente o salário mais baixo da função pública é de um auxiliar de limpeza de segunda classe 21 mil kwanzas e em Janeiro do próximo ano vai passar a receber 33 mil kwanzas como fez saber o ministro da administração pública trabalho e segurança social Jesus Maiato.

Segundo o ministro os ajustamentos não foram proporcionais, mas vão permitir recuperar o poder de compra perdido, por força da inflação acumulada dos últimos três anos, que se situou em 116%.

Ao falar esta Quinta-feira na 10ª sessão do Conselho de Ministros, Jesus Maiato referiu que, com este exercício, dá-se indicação clara de que, sempre que houver disponibilidade do Orçamento Geral do Estado (OGE), o Executivo ajustará a capacidade de renda dos funcionários públicos.

Escute: Ministro da Administração Pública Trabalho e Segurança Social Jesus Maiato- reajuste do salário

Explicou que em relação ao salário mínimo da função pública, auferido pelo auxiliar de limpeza de segunda classe (categoria mais baixa na estrutura de carreiras do regime geral), o ordenado passará de AKz 21 mil para AKz 33 mil, representando um aumento de 57 por cento.

Quanto aos cargos de direcção e chefia, o chefe de secção (função de chefia mais baixa), com um salário actual de AKz 179 mil, passará a ganhar 250 mil.

O director nacional (cargo de chefia mais alto na função pública) sairá de um salário de AKz 340 mil para 394 mil kwanzas.

Para carreira do pessoal técnico, cuja categoria mais baixa é o técnico médio de terceira classe, o salário passará de 49 mil para 89 mil kwanzas, um aumento de 81 por cento.

Para o professor catedrático, que é a categoria mais alta dentro da função pública, o salário sairá de AKz 405 mil para 444 mil kwanzas.