Você está aqui Religiosa  

Papa diz que “educação cristã é um direito das crianças”

Quinta, 17 Maio 2018  vanda de carvalho

O Papa Francisco disse esta quarta-feira, na audiência geral no Vaticano que os pais e padrinhos católicos devem empenhar-se na “educação cristã” dos mais novos, encerrando um ciclo de catequeses sobre o Baptismo.

“A educação cristã é um direito das crianças”, defendeu, repetindo a frase, na audiência pública semanal que decorreu na Praça de São Pedro.

Francisco evocou dois gestos simbólicos do Baptismo que procuram mostrar os efeitos espirituais do sacramento, a entrega da veste branca e da vela acesa.

“A presença viva de Cristo, a ser protegida, defendida e dilatada em nós, é lâmpada que ilumina os nossos passos, luz que orienta as nossas escolhas, chama que aquece os corações a ir ao encontro do Senhor, tornando-nos capazes de ajudar quem caminha connosco, até a comunhão inseparável com Ele”.

No final das catequeses sobre o Baptismo, o Papa repetiu o convite que fez na recente exortação apostólica ‘Gaudete et Exsultate’.

“Deixa que a graça do teu Baptismo frutifique num caminho de santidade. Deixa que tudo esteja aberto a Deus e, para isso, opta por Ele, escolhe Deus sem cessar. Não desanimes, porque tens a força do Espírito Santo para tornar possível a santidade e, no fundo, esta é o fruto do Espírito Santo na tua vida”, pediu aos presentes.

Francisco deixou uma saudação aos peregrinos de língua portuguesa.

“Queridos amigos, todos os baptizados são chamados a ser discípulos missionários, vivendo e transmitindo a fé. Em todas as circunstâncias, procurai oferecer um testemunho alegre da vossa fé. Que Deus vos abençoe e a Virgem Mãe vos proteja”, concluiu.