Você está aqui Religiosa  

Sacerdote não é um funcionário público, a afirmação é de Dom Kiala

Segunda, 05 Novembro 2018  vanda de carvalho

Neste Sábado a igreja do Sumbe ganhou mais um servidor da Vinha do senhor, da Sociedade Missionaria da Boa Nova. Trata-se do Padre Afonso Gomes Chivala, de 32 anos de idade, natural de Benguela.

A missa de ordenação aconteceu na paróquia Rainha Santa Isabel da Gabela, e foi celebrada pelo Bispo local Dom Luzizila Kiala.

Na Sua homilia o prelado alertou que o sacerdote não é um funcionário público, “ele recebeu o sacramento da ordem para evangelização, servir, santificar os outros, porque se ele perdesse a consciência da sua dimensão sagrada e se secularizasse a finalidade ministerial específica do sacerdote seria directamente afectada, missão que é uma tarefa única e insubstituível e ainda hoje e talvez mas do que nunca, urgente e imensa”.

Escute: Repórter Óscar Tito - mais um servidor da vinha do senhor

O padre Afonso Gomes Chivela, nasceu no dia 31 de Outubro do ano de 1986 no município do Chongoroi província de Benguela, no dia 15 de Dezembro de 2017 fez o juramento perpétuo na Sumbe.

A 17 de Dezembro do mesmo ano foi ordenado diácono no Brasil e no dia 03 de Novembro na paróquia Rainha Santa Isabel da Gabela diocese do Sumbe respondeu ao vem segue-me de Jesus e foi ordenado sacerdote com 32 anos de idade.