Concordata domina encontro entre Núncio Apostólico e ministro das relações exteriores

Quarta, 10 Janeiro 2018  vanda de carvalho

As condições para a assinatura do Acordo-quadro de cooperação entre Angola e a igreja católica foram avaliadas nesta Quarta-feira, num encontro entre o ministro Angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto e o Núncio Apostólico Dom Peter Rajic.

Em declarações á imprensa no final do encontro Dom Peter informou que existe uma boa base em texto para o acordo faltando o acerto de pormenores para a sua posterior assinatura.

O representante do Santo Padre em Angola e São Tomé disse ainda que, o acordo deve priorizar o reconhecimento da Igreja Católica como um parceiro do Estado e dar garantias que permitam trabalhar livremente em Angola nos domínios espiritual, da educação, ensino e saúde ou outros, mas, sem se imiscuir nas questões de Estado.

Para o núncio apostólico, com o Acordo-quadro, que antes era designado por Concordata, Angola entraria no rol de países do mundo com relações privilegiadas com a Santa Sé, no esforço conjunto pelo povo e na busca do bem comum.

Por outro lado, Dom Peter reconheceu a necessidade de investimentos e passos legais para a extensão do sinal da rádio Ecclesia no país, reconheceu a necessidade de se prestar maior atenção à formação de quadros e na aquisição de equipamentos para a Ecclesia.

Escute: Núncio Apostólico em Angola Dom Peter Rajic – encontro com Ministro Relações Exterior

   ANGOLA

Politica

 

Economia

 

Sociedade

 

Cultura

 

Desporto

 
   RELIGIOSA

Santa Sé

 

Dominical

 

Dioceses

 

Paróquia

 

Comunidades

 
   MUNDO

Africa

 

Europa

 

América

 

Asia

 

PALOP