Dom Belmiro alerta para as consequências do pouco tempo que religiosos dedicam para a missão

Segunda, 11 Fevereiro 2019  vanda de carvalho

No âmbito das celebrações do Vº Domingo do tempo comum, dia em que a Arquidiocese de Luanda testemunhou a abertura de mais um ano catequético, as irmãs de São João Baptista, abriram o seu jubileu, numa missa presidida pelo Bispo de Cabinda, Dom Belmiro Cuica Chissengueti.

O prelado na sua homilia sublinhou a importância de as congregações religiosas fazerem missão, a olhar para o bem comum e reprovou o fazer missão como apêndice de fim-de-semana, uma vez que muitos missionários em Angola, acabam, por dedicar maior parte do seu tempo na busca desenfreada pelo autosustento.

Escute: Dom Belmiro Chissengueti bispo de Cabinda- abertura do Jubileu das irmãs de São João Baptista

   ANGOLA

Politica

 

Economia

 

Sociedade

 

Cultura

 

Desporto

 
   RELIGIOSA

Santa Sé

 

Dominical

 

Dioceses

 

Paróquia

 

Comunidades

 
   MUNDO

Africa

 

Europa

 

América

 

Asia

 

PALOP