Você está aqui Mundo Asia  

Aviões não identificados bombardeiam província de Alepo

Terça, 04 Abril 2017  vanda de carvalho

Pelo menos quatro civis morreram e vários ficaram feridos. De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos entre os mortos estão três menores da mesma família.

Os bombardeamentos ocorreram a 19 quilómetros da cidade de Alepo, a maior do norte do país.

Noutra zona do país, na aldeia de Saqba, situada na região de Guta Oriental, considerada o principal bastião das forças de oposição ao regime, morreu um homem e várias outras pessoas ficaram feridas, entra as quais mulheres e crianças.

Ataques similares ocorreram nas localidades de Utaya e Hosh al Salhiya, na zona de Al March, localizada também em Guta Oriental, mas não fizeram vítimas.

A Síria é desde há seis anos cenário de um conflito que já causou mais de 321.000 mortos, segundo dados do Observatório.