Você está aqui Religiosa Dominical  

Nomeado Bispo para Diocese de Cabinda

Terça, 03 Julho 2018  vanda de carvalho

Nesta Terça-feira, as 11h, a Nunciatura Apostólica, endereçou um documento a emissora católica de Angola, em que o teor do mesmo é apresentado:

Comunicado

Nunciatura Apostólica em Angola

Luanda 3 de Julho de 2018

Dilecto director

Tenho a honra e a gentileza por meio desta de vos apresentar, as distintas e cordiais saudações em Cristo, senhor, que pela venturosa circunstância, me servir do ensejo, de vos informar que o Santo Padre, o Papa Francisco, nomeou como bispo diocesano, para Diocese de Cabinda, o Rev. Pe. Belmiro Cuica Chissengueti, actualmente superior provincial da congregação do Espirito Santo em Angola.

Agradecemos desde já o serviço pastoral prestado por sua excelência reverendíssima Dom Filomeno do Nascimento Vieira Dias, ao santo povo de Deus que peregrina naquela igreja particular e rezemos ao senhor para que cumule de bênçãos preciosas ininterruptas, ao bispo diocesano recém-eleito e a todos os fieis da diocese de Cabinda, esmeradamente valo-me da feliz circunstancia para vos reiterar a minha cordial consideração em Cristo Jesus.

Atenciosamente

Dom Petar Rajic

Núncio Apostólico

Biografia

Padre Belmiro, nasceu em 5 de Março de 1969, na aldeia do Cutato- Chiguar, mnicipio da província do Bié no centro de Angola.

Os seus pais Ruben António Chissengueti, comerciante e Janete Ema, professora.

Fez o ensino primário e secundário em sua terra natal, Kuito Bié.

De 1985 a 1987, fez o propedêutico dos padres do Espírito Santo, em Landana – Cabinda.

De 1987 a 1995 frequentou os cursos de Filosofia e teologia no seminário maior de Cristo Rei na Arquidiocese do Huambo.

Emitiu a primeira profissão na congregação dos padres Espiritanos, na missão católica de Munhino, Lubango, no dia 8 de Setembro de 1990, e os votos perpétuos na paróquia de Nossa Senhora de Fátima no Huambo em 5 de Agosto de 1995.

A sua ordenação diaconal teve lugar na catedral do Huambo no dia 6 de Agosto de 1995 e a sacerdotal em 5 de Maio de 1996.

Fez os cursos de Direito civil na UCAN, de 2003 a 2008, culminando com o grau de licenciatura em questões contemporâneas de direitos humanos na Universidade Pablo de Olavide em Espanha em 2009.

Em 2010 fez estágio na ordem dos advogados de Angola.

Desde a ordenação sacerdotal o Padre Chissengueti exerceu os seguintes encargos:

1996 á 1997 vigário paroquial de São João Baptista do Lobito Diocese de Benguela e de 1997 a 2000 foi pároco da mesma paroquia.

1996 a 2000 membro do conselho presbiteral da Diocese de Benguela

Em 1998 conselheiro da província dos padres Espiritanos em Angola

Em 2000 pároco de São Pedro apóstolo em Luanda

Em 2001 secretário da comissão episcopal da justiça e paz da CEAST

De 2002 a 2009 vigário episcopal da Arquidiocese de Luanda para pastoral social

Foi membro do conselho presbiteral da arquidiocese de Luanda em 2002

A partir de 2004 primeiro conselheiro da província dos padres Espiritanos em Angola

Desde 19 de Novembro de 2016 até a presente data provincial dos padres Espiritanos em Angola.