Você está aqui Religiosa Dominical  

“Com a força do Espírito Santo compreende-se que o coração da igreja é o amor”, diz Dom Belmiro

Terça, 09 Outubro 2018  vanda de carvalho

O 27º Domingo do Tempo Comum foi marcado pela tomada de posse do Bispo de Cabinda Dom Belmiro Chissengueti.

Na sua primeira e histórica homilia, o novo Bispo Diocesano começou por agradecer a todos que se envolveram para que o solene acto fosse possível.

Dom Belmiro avançou dizendo que tem as mãos e o coração aberto para todos que o quiserem contactar, dizendo mesmo que o que viveu em Cabinda, nunca viveu um momento igual, fazendo alusão a forma como foi recebido, desde a sua chegada no aeroporto, as visitas de cortesia que fez, o encontro com os jovens e finalizando com a celebração da missa de tomada de posse, vivida com jubilo por todos presentes e não só.

Vendo-se nas vestes de um simples e humilde filho de Deus, destacou a necessidade de ser um continuador da obra de Dom Paulino Madeca e de Dom Filomeno do Nascimento Vieira Dias. 

“Quem evangeliza, deve doar grande parte do seu tempo a levar a palavra de Deus”, disse o novo Bispo, que alertou os fiéis a não terem o fim-de-semana como um passatempo, nem permitirem que a igreja feche suas portas aos que precisam da sua ajuda.

Aos seus novos colaboradores, Dom Belmiro Chissengueti, chamou particular atenção aos que deixam o coração enfraquecer, tendo olhos virados para a riqueza material obtida de forma gananciosa.

Escute: Homilia Dom Belmiro Chissengueti – Missa de tomada de posse em Cabinda