Você está aqui Religiosa Dioceses  

Cristãos Católicos peregrinam neste 13 de Maio no Monte Tchimbango

Sábado, 12 Maio 2018  vanda de carvalho

O santuário de Nossa Senhora de Fátima do Monte Tchimbango, da Missão Católica do Chinguar, foi fundado a 4 de Setembro de 1942, pelo padre Álvaro Soares da Silva e pelo irmão Mário, membros da Congregação do Espírito Santo.

No dia 8 de Setembro de 1942, surgiu a primeira peregrinação ao Morro Tchimbango. Nesta peregrinação louvou-se, pela primeira vez, a imagem de Nosso Senhora de Fátima, com orações do terço ao longo de 'todo caminho', ou seja da sede municipal até ao Santuário do Morro Tchimbango.

A 13 de Maio de 1943, foi celebrada a primeira missa no Morro Tchimbango, em honra à Nossa Senhora de Fátima, e em 19 de Março do mesmo ano, festa da Missão, o Bispo dom António Defonso dos Santos Silva (primeiro bispo do Bié) benzeu a capelinha, erguida, na altura, com material local (adobe).

Peregrinos começaram a chegar nesta Sexta - feira ao santuário do Monte Chimbango para a peregrinação anual que acontece neste 13 de Maio.

Escute: Repórter Amitai Imuno - peregrinação Monte Tchimbango

Desde 1975 (independência de Angola), as peregrinações ficaram quase suspensas e foram retomadas somente em 1992  pelo padre Agostinho Loureiro, e em 13 de Maio de 2012, foi feita a bênção da primeira pedra para a edificação da nova capela.

A 9 de Julho de 2013, iniciaram as obras das estruturas que compõem actualmente o Santuário, tendo sido inaugurado, a 17 de Maio, por Dom José Nambi, Bispo da Diocese do Cuito (Bié), na presença do governador do Bié, Álvaro Manuel de Boavida Neto.