Você está aqui Religiosa Dioceses  

Viana encerra peregrinação aos Mártires

Segunda, 04 Fevereiro 2019  vanda de carvalho

A Peregrinação aos Mártires na Diocese de Viana, aconteceu nos dias 1 e 2 de Fevereiro e foi antecedido de uma novena de oração.

A peregrinação encerrou com fortes apelos aos peregrinos a darem maior testemunho de vida.

Escute: Repórter Ribeiro André – encerra peregrinação aos Mártires

Até 27 de Dezembro de 2015 a Igreja dos Mártires era congregada à Paróquia de Nossa Senhora das Mercês, conduzida pelos missionários Salentinos, depois tornou-se autónoma sob a orientação do Padre Queirós Figueira, iniciativa que se enquadra no âmbito do processo de beatificação do padre Lima e companheiros, mortos, em 1982, em pleno serviço pastoral.

Em relação ao processo de beatificação do Padre Lima e Companheiros, o Bispo de Viana Dom Joaquim Ferreira Lopes, já admitiu requer muitos meios e esforços, mas está convicto que a Santa Sé poderá reconhecer a heroicidade dos servidores da Diocese de Viana, mortos na Igreja de Nossa Senhora dos Mártires.

O prelado católico adiantou ainda que o processo de beatificação é complexo, por isso que as Igrejas particulares não conseguem levar o testemunho dos seus antecessores aos altares. “Angola precisa de fazer história, vamos começar por aqui”, disse.

Do lado do clero e dos fiéis cresce a esperança que beatificação do padre Lima e companheiros pode ser um facto. Recentemente o pároco insólito de Nossa Senhora Rainha dos Mártires, padre Queirós Figueira manifestou a sua disponibilidade neste processo que à luz da sua visão pode ser atingido com esforços colectivos.