Você está aqui Religiosa Dioceses  

Corrupção deve ser combatida nas escolas católicas sob o signo da santidade

Sábado, 16 Fevereiro 2019  vanda de carvalho

Assim defendeu Dom Luzizila Kiala, Bispo do Sumbe, na missa em que marcou a abertura do ano lectivo nas escolas católicas, o bispo do Sumbe defendeu a fidelidade a própria identidade cristã nas escolas católica e testemunha concreta de educação, tornando-se lugar de diálogo e de sereno conforto para promover comportamentos de respeito.

Dom Luzizila Kiala, foi mais longe e falou em acabar com a religiosidade medíocre, falou dos indícios de tentativa de corrupção por parte de alguns professores, e chamou mesmo atenção dos professores para promoverem o namoro entre professores e alunas fazendo das estudantes suas esposas, este professor deve ser retirado das escolas católicas, não têm perfil para permanecer ai.

Escute: Repórter Óscar Tito – combate a corrupção nas escolas católicas

A diocese do Sumbe conta com 15 católicas e para este ano lectivo estão matriculados mais de 16 mil alunos.