Você está aqui Mundo PALOP  

Camarões vencem Guiné-Bissau

Sexta, 20 Janeiro 2017  vanda de carvalho

A Guiné-Bissau é a única equipa de expressão português na 31ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN) que o Gabão acolhe de 14 de Janeiro até ao 5 de Fevereiro.

A Selecção guineense nesta Quarta-feira, lutou, mas não conseguiu travar o poderio dos camaroneses.

O Selecionador da Guiné-Bissau diz que "não está nada perdido". Agora será preciso vencer o próximo jogo.

O avançado guineense Piqueti Djassi, que joga no SC Braga de Portugal, abriu o marcador aos 13 minutos. O golo fez levantar o estádio. Mas, na segunda parte, veio a reviravolta camaronesa: Siani marcou aos 61 minutos e Ngadeu-Ngadjui aos 79.

Para o seleccionador nacional, Baciro Candé, a Guiné-Bissau merecia ganhar o jogo: "Se houvesse um justo vencedor, seria a Guiné-Bissau", afirmou o técnico guineense. "Marcámos o primeiro golo e, aos 15 minutos, falhámos outro, que seria o segundo. Na segunda parte, podíamos ter marcado o terceiro, mas falhámos."

A selecção da Guiné-Bissau “acabou por fazer um bom jogo enquanto pôde, enquanto fisicamente aguentou. Depois os Camarões forçaram a nota, conseguiram marcar dois golos, com remates de longe", diz Pires.

De recordar que a Guine vai defrontar este Domingo o Burkina Faso, que empatou na quarta-feira 1-1 frente ao anfitrião Gabão.