Você está aqui Mundo PALOP  

“ Lava Jato” empresas que actuam em Angola baixaram as produtividades disse embaixador

Quinta, 23 Fevereiro 2017  vanda de carvalho

O embaixador do Brasil em Angola, Paulino Franco de Carvalho disse em entrevista a ECCLESIA que as empresas que actuam em Angola e que fazem parte do processo "Lava Jato" baixaram as suas produtividades económicas.

Segundo o diplomata as empresas em causa estão a passar por uma reestruturação no Brasil.

Apesar da crise que afecta os dois países, o embaixador garante que os empresários brasileiros ainda têm interesse de investir em vários sectores em Angola.

Escute: Embaixador do Brasil em Angola Paulino Franco de Carvalho em entrevista a Ecclesia