Você está aqui Mundo PALOP  

Sindicato de jornalistas de cabo verde reage as declarações do presidente Mário Vaz

Quinta, 29 Junho 2017  vanda de carvalho

O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, pediu aos jornalistas guineenses para contribuírem para a construção do país, evitando passar mensagens que ponham em causa o estado.  

José Mário Vaz apontou como exemplo o caso de Cabo Verde, afirmando que os jornalistas cabo-verdianos praticam censura aos discursos potencialmente prejudiciais à imagem do arquipélago.

José Mário Vaz fez o seguinte pedido: "Aos jornalistas vou pedir só uma coisa. Vamos fazer como faz Cabo Verde. Se eu falar coisas que coloquem a Guiné-Bissau mal lá fora, cortem", concluiu.

Escute: Repórter Fernando Bernardo – Apelo do presidente Guineense aos jornalistas