Você está aqui Mundo PALOP  

Angola passa a presidência da região dos grandes lagos ao Congo

Quinta, 19 Outubro 2017  vanda de carvalho

A estabilidade e a segurança nos países da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos(CIRGL), vão dominar esta Quinta-feira em Brazzavil, capital da república do Congo, a VIIª cimeira de chefes de estado de governo da organização que será marcada pela passagem da presidência rotativa de Angola para o país anfitrião.

O Chefe de Estado angolano, João Lourenço, vai discursar na cerimónia de abertura para reafirmar o compromisso de Angola com a estabilidade e desenvolvimento regionais e proceder o balanço dos dois mandatos consecutivos na liderança da organização, iniciados em 2014, pelo antigo Presidente José Eduardo dos Santos.

A agenda reserva a seguir o momento em que o Presidente João Lourenço procederá a entrega formal da liderança ao homólogo congolês, Denis Sassou Nguesso.

À porta fechada, os estadistas vão analisar a situação de segurança na região, com enfoque para as preocupantes realidades que se vivem nas Repúblicas Democrática do Congo (RDC), Centro Africana (RCA), Burundi, Sudão do Sul e do Sudão.

Neste aspecto, deverão avaliar as recomendações dos ministros da Defesa sobre a região dos Grandes Lagos, para debelar os focos de instabilidade nestes países membros.

No final da reunião deverá ser adoptada a “Declaração de Brazzaville”, que deverá conter recomendações para a estabilidade política e o desenvolvimento da região.