Você está aqui Religiosa Comunidades  

Programa provisório das exéquias do Frei Maiato

Sexta, 05 Maio 2017  vanda de carvalho

Continuam em curso para a transladação do corpo do Frei Benjamim Maiato, neste momento na fraternidade Capuchinha de Fátima o livro de Condolências a favor do Frei Maiato e vai permanecer até Sábado 06 de Maio.

Nesta Sexta-feira as 18h30, na paróquia de Nossa senhora de Fátima, Dom Serafim Chingo Ya Hombo, bispo emérito de Mabanza Congo da congregação dos capuchinhos, presidiram a 1ª eucaristia em sufrágio pela alma do Frei Benjamim Maiato, e a segunda missa será celebrada no Sábado.

O frei Maiato deslocou-se a Portugal para participar da celebração do centenário das aparições de Fátima, onde o Papa Francisco fará parte “ ele desejou ardentemente fazer parte desta festa e pela devoção que ele sempre teve a Nossa mãe, Nossa senhora”, adiantou o frei Firmino Caculo.

Escute: Frei Firmino Caculo da ordem dos Frades menor fala das exéquias provisórias do frei Maiato

Nascido em Malange, a 11 de Maio de 1922, Benjamin Maiato entrou, em 1938, para o Seminário Menor de Malange e foi ordenado em 2 de Maio 1965, em Luanda.

Faz parte da Ordem dos Frades Menores desde 1939. O frei já trabalhou nas províncias de Benguela, Malange, Huambo e Kwanza-Norte. 

Nos últimos tempos, milhares de fiéis visitaram o Frei Maiato para pedir aconselhamento espiritual, conselhos matrimoniais e outras bênçãos. Para muitos cristãos, Frei Benjamim Maiato era um santo. Durante mais de 20 anos foi pároco em Camabatela, no Kuanza Norte, e em Luanda, nas igrejas Nossa Senhora de Fátima (ex-São Domingos) e de Santo António.

Ingressou no seminário na mesma altura que o Cardeal Dom Alexandre do Nascimento, de quem é irmão espiritual. Os pais do Cardeal foram os padrinhos de baptismo e crisma de Frei Maiato. Padre Maiato, co-autor do cântico “Mamã Muxima”, deixa o mundo dos vivos uma semana antes do seu 95º aniversário, a assinalar-se no dia 11 de Maio.