Você está aqui Religiosa Comunidades  

Missionários em Luanda defendem recepção condigna dos refugiados que fogem dos conflitos na RDC

Segunda, 08 Maio 2017  vanda de carvalho

Mais de 9.200 refugiados da República Democrática do Congo (RDC) estão a procurar segurança no leste de Angola, em fuga dos conflitos internos nas regiões de Cassai, naquele país vizinho, informaram as autoridades da província angolana da Lunda Norte.

Deste total, pelo menos 3.200 já se encontram no Centro de Acolhimento de Mussungue, mas o número dos refugiados congoleses que chegam – e perto de 1.400 são crianças – continua aumentar a cada momento, alertam as autoridades.

Ainda assim, no Dundo, capital da Lunda Norte, foram garantidas condições de segurança nas localidades próximas da fronteira com a República Democrática do Congo (RDC) e das zonas de forte agitação, com conflitos internos e instabilidade militar.

A informação foi partilhada a semana passada pela comissão episcopal da pastoral das migrações e itinerantes da CEAST durante a reunião dos missionários em Luanda, que aconteceu a 4 de Maio.

No final do encontro o padre Fausto Rosado de Carvalho falou sobre o assunto a Ecclesia.

Escute: Padre Fausto Rosado de Carvalho Vigário episcopal para a pastoral- Refugiados RDC