Você está aqui Religiosa Comunidades  

Dia dos finados não é dia de luto mas sim de intima comunhão com os que já partiram afirma Dom Benedito

Quinta, 02 Novembro 2017  vanda de carvalho

O Dia de Finados, também chamado de Dia dos Mortos, é um feriado com origens religiosas, mais especificamente à religião cristã católica, comemorado em diferentes partes do planeta.

A palavra comemoração, na realidade, deve ser usada com cuidado, afinal essa é uma data voltada à oração, reverência e lembrança de todos os entes queridos que não estão mais nessa vida e deixaram muitas saudades.

O acto de rezar pelos mortos existe e é praticado desde o século I, porém foi apenas no século XI que os papas João XVIII, Silvestre II e Leão IX, não necessariamente nessa ordem, instruíram os fiéis a dedicar ao menos um dia anualmente para lembrar e rezar pelas almas daqueles que já partiram.

O dia 2 de Novembro foi escolhido, pois ele sucede o Dia de Todos os Santos, comemorado no dia 1 e voltado à celebração de todos aqueles que, apesar de não terem sido canonizados e nem lembrados nas orações, faleceram em estado de graça;

A celebração cristã do dia de Finados começou por volta do século V, quando a Igreja começou a estabelecer um dia dedicado a rezar pelas almas de todos os falecidos. O costume tornou-se uma obrigação de todos os fiéis no século IX, e no século XII essa data foi fixada em 2 de Novembro. Assim, o Dia de Finados passou a suceder o Dia de Todos os Santos (1º de Novembro).

Segundo a Igreja Católica, no Dia de Finados as pessoas devem orar pelas almas que estão no Purgatório purificando-se de seus pecados para poder entrar no Paraíso. Nesta data, as pessoas visitam os túmulos de seus entes queridos e participam de grandes missas campais em sua homenagem.

Em Angola essa data é acompanhada por visitas a cemitérios e túmulos de parentes e amigos falecidos, que são homenageados com flores e rezas, num clima de respeito e reflexão pela efemeridade da vida e a saudade deixada pelos que foram.

Escute: Repórter Justino Ngonde – dia dos finados