Você está aqui Religiosa Paróquia  

Testemunhos e caminhos do mistério sacerdotal marcam o encerramento do mini congresso do Clero

Quarta, 27 Março 2019  vanda de carvalho

Encerrou esta Terça-feira na Arquidiocese de Luanda o Mini-Congresso do Clero, que decorreu na Sé Catedral de 23 a 26 de Março.

Dois painéis marcaram este último dia:

No período da manha o primeiro painel destacou os actuais desafios do Padre no mistério sacerdotal “ sobre tudo a relação entre o Padre e o Bispo” segundo o vigário geral da Arquidiocese Padre António Lunguieki Pedro Bengui.

O segundo painel foi relações pastorais do padre hoje” o padre na relação com vários grupo, mas, sobretudo o grupo chamado sociedade, o relacionamento do padre com os fieis, com a comunidade e com ambientes diversificados na sociedade”, adiantou o vigário Geral.

Na período da tarde o destaque recaiu para dois testemunhos, um deles foi do Padre Raimundo Anselmo, de origem Brasileira que trabalha na Arquidiocese a vários anos, pertence a família de Nazaré, é pároco de São Mateus.

O segundo testemunho foi de um padre Ivoriense, da Costa do Marfim, mas como sacerdote diocesano encardinado numa das Dioceses do Brasil, concretamente em Brasília, que falou da experiencia sobretudo na linha de formação “ como formador de futuros sacerdotes”.

Houve uma franca reflexão para os próximos Mini-congressos tendo em vista o Congresso nacional agendado para Agosto.

 “Sacerdote, Homem de Deus, Junto do Povo” foi o lema do Mini-Congresso do Clero que decorreu em Luanda, na Sé Catedral em antecâmara ao Congresso Nacional agendado para Agosto na Diocese de Viana.